quinta-feira, outubro 22, 2009

Poesia Vadia: sessão de Outubro 2009


Poesia Vadia é a designação das sessões mensais de poesia, abertas a todos os que nelas queiram participar. Dinamizadas pelo projecto Poetas Almadenses:
A próxima realiza-se sábado, 24 de Outubro, no Le Bistro Café (Almada, Largo das Andorinhas). A entrada é livre.

2 comentários:

Paulo Sempre disse...

Trazes-me em Tuas Mãos de Vitorioso

Trazes-me em tuas mãos de vitorioso
Todos os bens que a vida me negou,
E todo um roseiral, a abrir, glorioso
Que a solitária estrada perfumou.

Neste meio-dia límpido, radioso,
Sinto o teu coração que Deus talhou
Num pedaço de bronze luminoso,
Como um berço onde a vida me pousou.

O silêncio, ao redor, é uma asa quieta...
E a tua boca que sorri e anseia,
Lembra um cálix de tulipa entreaberta...

Cheira a ervas amargas, cheira a sândalo...
E o meu corpo ondulante de sereia
Dorme em teus braços másculos de vândalo...

Florbela Espanca, in "A Mensageira das Violetas"

Madalena Barranco disse...

Huuuummm, um dia ainda hei de tomar um café nesse simpático lugar poético!

Beijos.